Família é feita refém em IpatingaEleito novo presidente da Câmara de IpatingaDouglas Willkys é eleito prefeito de Timóteo

Vacilos do Atlético nas últimas dez rodadas explicam perda da ponta para o Corinthians

Futebol Nacional

Um recorte nas últimas dez rodadas do Campeonato Brasileiro pode explicar a diferença de pontos na briga pela liderança. Enquanto o Atlético, vice-líder, somou 16 dos últimos 30 pontos, o líder Corinthians contabilizou 23, aproveitamento de quase 77%, contra 53% do Atlético.

Das sete derrotas do Galo na competição, quatro foram nas últimas dez rodadas, incluindo os tropeços em casa para Grêmio e Atlético-PR, além das derrotas como visitante para a Chapecoense e Santos. Já o Corinthians venceu sete partidas, perdeu apenas uma e empatou duas vezes.

O Corinthians soma 57 pontos, cinco a mais em relação ao Atlético. Como ainda há o confronto direto entre as duas equipes, a situação do Atlético poderia ser bem melhor se tivesse vencido ao menos mais uma partida das últimas dez. Isso significa que um triunfo sobre o Corinthians serviria para recolocar o alvinegro mineiro na liderança.

Faltam onze rodadas para o fim do Brasileirão. Além de fazer sua parte, o Atlético precisa torcer pelo menos por um empate do Corinthians, resultado que diminuiria a vantagem de cinco para três pontos, diferença que pode ser tirada no confronto direito.

Na 28ª rodada o Galo visita o Joinville, enquanto o Corinthians buscará mais um triunfo fora de casa, dessa vez diante do Figueirense.

Curiosidades

O Fluminense, que chegou a figurar no G-4, tem o pior desempenho nas últimas dez rodadas. Conseguiu apenas quatro dos 30 pontos disputados. O Sport, que já foi líder, somou apenas sete.

No sentido contrário estão Coritiba e Goiás, equipes que brigam para não cair. O Coxa tem a terceira melhor campanha nos últimos dez jogos, com 21 pontos ganhos. Já o Goiás é o oitavo, com 16. O Cruzeiro, outro que também tenta se afastar do Z-4, conquistou 12 pontos.

FONTE: Rômulo Ávila