Secretário de Obras fala sobre entulhos em TimóteoAudiência discute melhorias do cemitério do BonfimOficina de Carimbó é realizada em Timóteo

Cruzeiro recebe São Paulo, no Mineirão, para confirmar vaga nas oitavas da Copa do Brasil

Cruzeiro

Foto: Washington Alves/Cruzeiro


Com grande vantagem, o Cruzeiro recebe o São Paulo nesta quarta-feira, às 19h30, no Mineirão, para conquistar a vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil. Como venceu por 2 a 0 o duelo de ida, no Morumbi, o time celeste joga com tranquilidade o segundo confronto válido pela 4ª fase do torneio.

Para se classificar, a Raposa poderá até perder por um gol de diferença, fato que seria inédito para a equipe, que mantém uma invencibilidade de 21 jogos oficiais na temporada (16 vitórias e cinco empates).

O São Paulo só fica com a vaga se ganhar por 3 a 0 ou por dois gols de vantagem, desde que balance as redes três ou mais vezes (3 a 1, 4 a 2, 5 a 3 e assim por diante). Triunfo tricolor por 2 a 0 leva a decisão para os pênaltis.

No confronto, o Cruzeiro defenderá uma invencibilidade contra os paulistas. Em cinco jogos entre as equipes na história da Copa do Brasil (este é o terceiro encontro), a Raposa acumula três vitórias e dois empates.

Mantendo a estratégia cautelosa antes de um jogo decisivo, o técnico Mano Menezes fechou os portões do treino do Cruzeiro, nesta terça-feira, e fez mistério. Apesar da situação favorável, o treinador celeste não quer dar brechas para Rogério Ceni e decidiu por não dar pistas sobre a escalação. O time, contudo, não deve sofrer maiores mudanças em relação ao jogo de ida, no Morumbi.

A novidade na lista de relacionados da Raposa é o lateral-direito Lennon, anunciado como novo reforço na semana passada e convocado pela primeira vez. Ezequiel e Mayke também compõem a relação.

E a maior dúvida de Mano está justamente na lateral-direita. Afastado das últimas quatro partidas em razão de fadiga muscular, Ezequiel treinou normalmente nesta terça-feira, mas não teve o retorno ao time confirmado pelo treinador. Mayke é a opção.

Apesar do placar favorável, o goleiro Rafael diz que vantagem do Cruzeiro é 'pequena para a Copa do Brasil'. Por isso, o camisa 12 pediu atenção a seus companheiros.

“Construímos uma boa vantagem, mas é pequena para a Copa do Brasil. A vantagem é bacana, mas temos que usufruir dela apenas no final. Nós, que estamos aqui trabalhando e que vivenciamos futebol a vida inteira, sabemos que é um jogo imprevisível e que surpresas acontecem. O São Paulo é um grande time. É um grande clássico, sempre bem disputado. Temos que entrar com 100% de atenção e buscar a vitória o tempo inteiro”, disse.

Do lado são-paulino, o volante Jucilei confia na virada. “No jogo de ida, entramos para ganhar e contamos com o apoio da torcida, que está de parabéns e nos apoiou bastante. Mas, infelizmente, não conseguimos. Temos corrigido os erros para melhorar. Vamos em busca da vitória. Tem que sentir o jogo e ver quando a bola rolar. Sabemos o que precisa ser feito. Se fizermos um gol no primeiro tempo muda o panorama do jogo, não? Então temos chances e vamos lutar por isso”, projetou.

O São Paulo vive um momento conturbado na temporada. Além de perder para o Cruzeiro, no Morumbi, o time foi derrotado pelo Corinthians no último domingo, também por 2 a 0 e diante de sua torcida, no primeiro duelo da semifinal do Campeonato Paulista. Mesmo assim, Jucilei citou a história do clube paulista como motivo para que os torcedores mantenham a fé na classificação, apesar do desafio de vencer por três gols de diferença a única equipe invicta no Brasil nesta temporada na casa do adversário.

“O torcedor tem de acreditar porque temos um time muito bom, de qualidade e uma camisa pesada. O clube é respeitado no Brasil e no mundo. Por isso, vamos deixar a vida em campo”, garantiu o volante são-paulino.

Acompanhe, a partir das 19h05, a Jornada Esportiva da Itatiaia, com o 1º Time do Rádio. Narração de Alberto Rodrigues, comentários de Júnior Brasil e reportagens de Samuel Venâncio, Bruno Azevedo e Thiago Reis.

Cruzeiro x São Paulo

Cruzeiro: Rafael; Ezequiel (Mayke), Manoel, Léo e Diogo Barbosa; Hudson, Ariel Cabral, Rafinha, Thiago Neves e Arrascaeta; Rafael Sobis. Técnico: Mano Menezes

São Paulo: Renan Ribeiro; Wesley, Maicon, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Jucilei, Thiago Mendes e Cícero; Cueva, Gilberto e Lucas Pratto. Técnico: Rogério Ceni

Motivo: jogo de volta – 4ª fase da Copa do Brasil
Data: 19 de abril de 2017, quarta-feira, às 19h30
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio - GO (FIFA)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva - GO (FIFA) e Bruno Raphael Pires - GO (FIFA)


Por Itatiaia Web.