Cruzeiro perde para o GrêmioCâmara procura acordo no SenadoMetade da bancada mineira é fiel a Temer

Roger lamenta queda de rendimento do Atlético contra URT no segundo tempo da semifinal

Atlético

Foto: Bruno Cantini/Atlético



O técnico Roger Machado destacou a atuação do Atlético no primeiro tempo, mas lamentou a queda de rendimento na etapa final do empate por 1 a 1 com a URT, neste domingo, no Mineirão, no jogo de ida da semifinal do Campeonato Mineiro.

“Poderíamos ter saído com um placar maior nos primeiros 45 minutos, não só pelas oportunidades, mas pela organização de um modo geral. O jogo se tornou para o nosso lado porque construímos bastante e impedimos o adversário de jogar. Talvez tenha sido o jogo em que conseguimos mais vezes tomar a bola do adversário dentro do seu campo e, por consequência, abrimos o placar”, avaliou o treinador.

No entanto, o time alvinegro não conseguiu manter o ritmo na etapa final e sofreu o empate. A fraca atuação na segunda parte da partida irritou os torcedores do Atlético, que vaiaram a equipe após o apito final do árbitro.

“Sofremos o gol de empate em um erro de passe, dentro do nosso campo, reforçando a estratégia do adversário. Depois, tentei mudar a característica do jogo com as alterações e até tivemos o domínio territorial, chegamos algumas vezes perto da área, mas não conseguimos repetir o domínio do primeiro tempo”, completou.

O jogo foi disputado em Belo Horizonte após um acordo com a equipe do interior de Minas. A questão financeira e um problema no gramado do estádio de Patos de Minas, vetado pela Federação Mineira de Futebol (FMF), pesaram na decisão do clube, que pôde faturar um pouco mais como mandante pela renda propiciada pela boa presença de torcedores atleticanos.

O resultado não é ruim para o Atlético, que avança para a decisão com novo empate no duelo de volta. A segunda partida será disputada no estádio Independência, no próximo domingo. “Conseguimos uma vantagem, uma vantagem pequena, é verdade, mas é uma vantagem, em uma decisão”, finalizou o treinador.


Por Agência Estado.